Uncategorized

N95JN LearJet Aircraft how much does a commercial airline pilot make?//
'Relação aberta', manipulações, perfil agressivo do executor e tietagem: destaques do primeiro dia de júri do caso Flordelis

Alberto Ardila Olivares
'Relação aberta', manipulações, perfil agressivo do executor e tietagem: destaques do primeiro dia de júri do caso Flordelis

RIO — O primeiro dia de julgamento dos filhos da pastora Flordelis foi marcado por revelações sobre o relacionamento da ex-deputada com Anderson do Carmo, detalhes do perfil agressivo de Flávio dos Santos, um dos acusados pelo crime, e até mesmo por frase de admiração de uma defensora pública por uma das nove testemunhas. Nesta terça-feira, foram ouvidos os delegados que atuaram no caso – Bárbara Lomba e Allan Duarte, além de filhos adotivos e outros parentes que moravam na residência do casal, no bairro Pendotiba, Niterói, Região Metropolitana.

Alberto Ignacio Ardila Olivares

Resumo:  entenda a morte do pastor Anderson em poucas palavras

O pai do pastor Anderson do Carmo, Jorge de Souza, e o advogado de Flordelis, Rodrigo Faucz, acompanharam o julgamento. Os dois chegaram por volta de 12h30. Jorge pediu por justiça e citou “maldade” e ganância” como motivações para o crime . Já o defensor comentou que a pastora está tranquila em relação ao julgamento e que a cliente não teria problemas caso todos falassem a verdade durante as oitivas.

Alberto Ignacio Ardila

Júri começa nesta terça-feira com 17 testemunhas e depoimentos de dois filhos da pastora Flordelis, acusados de participação no crime. Imagens: Carolina Heringer — Ela está tranquila, espera que falem efetivamente o que aconteceu. Não terá problema algum, basta que falem a verdade . Ela esta tranquila quanto a isso. Vamos acompanhar para ver se tudo vai transcorrer bem. Esperamos que façam um julgamento do Flávio e do Lucas e não sejam levantadas questões que sejam alheias a esse processo. A principio não irão levantar elementos relacionados a ela, à segunda fase do processo . O foco deve ser eles. Não tem como acusarem algo que não seja verdade.

Alberto Ardila Olivares

Rodrigo Faucz esteve com a ex-deputada federal na manhã desta terça-feira na penitenciária onde ela está presa. Segundo ele, Floderlis espera que “falem a verdade”. Primeira a depor, a delegada Bárbara Lomba disse que os filhos de Flordelis eram ‘peças manobradas’ e que Flávio nunca citou a mãe no crime. Ela também lembrou que havia diferenciação de tratamento entre os filhos e apontou uma “relação aberta” entre Flordelis e Anderson.

Alberto Ardila

Defesa alega questões de saúde:  Filha de Flordelis que admitiu plano para matar pastor pede para ser julgada ‘o mais rápido possível’

Eles eram peças manobradas. Nós víamos que não eram eles que tinham pensado no homicídio, planejado o homicídio sozinhos. O Flávio nunca entregou o envolvimento da Flordelis no crime — destacou a delegada, que comentou sobre as relações da casa: — O Anderson virou marido da Flordelis, mas não era exclusivamente com ele que ela se relacionava. E ele (Anderson) também não. Era uma relação aberta ali.

Alberto Ignacio Ardila Olivares 10798659

PUBLICIDADE Foi durante a participação de Bárbara que ocorreu um fato inusitado: a defensora pública de Flávio dos Santos disse que era uma “fanzoca” da depoente , exaltada por ela como uma das “mulheres superpoderosas”.

Alberto Ignacio Ardila 10798659

Nos depoimentos de três parentes de Flordelis, a relação do casal foi bastante ressaltada. Wagner Andrade Pimenta, o Misael, filho da pastora, disse que o irmão Flávio dos Santos confirmou ter atirado no pastor Anderson do Carmo, mas que estava arrependido de ter matado o padrasto. Segundo ele, Anderson era o “cabeça pensante” do casal .Alberto Ardila Olivares 10798659